Avançar para o conteúdo principal

Alimentação: o que não pode dar ao seu Cão!

Bebidas Alcoólicas
Muitas vezes são adocicadas, por isso atraiem cães e gatos, mas podem induzir uma intoxicação séria e, às vezes, fatal.
Sinais e efeitos colaterais: Descoordenação, Excitação, Depressão, Urinar excessivamente, Respiração lenta, Ataque cardíaco e morte.

Abacate
Folhas, semente e a fruta do abacate contêm uma substância tóxica chamada persina. Pode causar desarranjo gastro-intestinal.

Café
O café contém componentes perigosos chamados xantinas que podem causar danos nos sistemas nervoso e urinário, além de ser um estimulante cardíaco.

Cascas de batatas
Batatas e tomates contêm uma substância chamada solanina e outro alcalóides. Se ingeridos em grande quantidade podem gerar salivação excessiva, desarranjo do trato gastrointestinal, perda de apetite, depressão do sistema nervoso central e outros sintomas.

Chocolate
O chocolate contém teobromina, um composto diurético e estimulante do coração.
Sinais: Excitação inicial, beber e urinar excessivamente, vómito e diarreia. O chocolate pode causar ritmo cardíaco acelerado, podendo levar a convulsões ou mesmo à morte.

Comidas estragadas ou com mofo
Muitos tipos de mofo contêm uma toxina chamada aflatoxina. Pode causar vómitos/ diarreia, tremores musculares, descoordenação, febre, salivação excessiva e danos ao fígado.

Comidas gordurosas
O principal problema destes alimentos é um desarranjo gastrointestinal e, em alguns casos, pode culminar numa pancreatite. Pode ser fatal em alguns animais e é quase sempre causado por comidas muito gordurosas como o bacon.

Noz macadâmia
A macadâmia contém uma toxina desconhecida que pode afectar os músculos, o sistema digestivo e o sistema nervoso dos cães. Já foram registrados casos de paralisia.


No caso de intoxicação sempre leve ao veterinário mais próximo. Não deixe medicamentos ao alcance de animais.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Filme Marley & Eu - Labrador

Já estreou nos cinemas o filme "Marley & Eu" com Jennifer Aniston e Owen Wilson. A "vedeta" do filme é Marley, um Labrador "fofinho" e "gorducho".

Fiquem a saber mais acerca desta raça:
Considerados um dos melhores cães de companhia que existe, o Retriever do Labrador é um animal dotado com um carácter excepcional, afável, carinhoso e amigo das crianças. É bastante pacífico e sociável, uma vez que aceita com grande alegria as pessoas estranhas, bem como outros cães ou animais de estimação que surjam.
É um cão que ladra pouco pelo que é desaconselhado como cão de guarda. Necessita de estar sempre na companhia dos seus donos, já que não lida bem com a solidão e manifesta-o destruindo tudo o que estiver ao seu alcance, desde jardins às almofadas dos sofás.

São muito inteligentes, daí serem utilizados como guia para cegos e como cão farejador de drogas. Como cão de caça possui uma forte resistência e excelente faro. É fisicamente muito ágil e adapt…

Hotel para cães: a melhor forma de ir para férias descansado

Quem tem cães sabe que nem sempre é fácil levar o seu melhor amigo de quatro patas para férias. Algumas companhias aéreas recusam-se a transportar animais, a maior parte dos hotéis não tem condições para os alojar e o nosso melhor amigo nem sempre gosta de viajar! Portanto, a melhor forma de ir de férias descansado é mesmo deixar o membro mais peludo da família num hotel para cães ou arranjar um serviço de pet hosting.
Alojamentos para cães: como funciona um hotel para cães? Os alojamentos para cães são uma das melhores formas de garantir que o seu cão terá tudo o que precisa enquanto está ausente. Ao deixá-lo num hotel para cães, tem a certeza de que terá acesso a comida apropriada, água fresca, cuidados de higiene e a carinhos diários. Mais: em muitos hotéis, há também passeios, serviços de banho e tosquia e dezenas de atividades para animar o seu amigo de quatro patas. Em Portugal, já há vários hotéis para cães em Lisboa e no Porto.
O que é o pet hosting? Em cidades onde não existem ho…

Doenças Caninas: Viroses Caninas

As viroses são as principais doenças responsáveis pela morte de cachrorinhos.
A contaminação pode ocorrer por meio de urina, fezes e secreções de cães doentes. Este contágio ocorre especialmente devido à alta persistência do vírus no ambiente (cerca de 1 ano); por isso, deve-se manter os filhotes e cães não vacinados longe de locais onde existiram e existem animais infectados.
Nesta fase, é de vital importância manter os cães com as vacinas em dia e tomar os devidos cuidados de higiene para evitar as doenças.
Parvovirose
é transmitida principalmente pelas fezes de animais doentes que contaminam o ambiente e, consequentemente, outros animais, durante um passeio, dentro de casa ou através da sola de sapatos.
Sintomas:
Vómitos, diarréia, depressão, desidratação e outros que podem levar o animal à morte.

Cinomose
é uma doença febril altamente contagiosa, transmitida principalmente por via aérea, como uma gripe nos humanos. Também é uma grave doença dos cães.

Sintomas: secreções nasais, conj…