Raças Perigosas

O Governo português seleccionou 7 raças como sendo as “mais perigosas”:
~ Cão de Fila Brasileiro
~ Dogue Argentino
~ PitBull Terrier
~ Rottweiler
~ Staffordshire Terrier Americano
~ Staffordshire Bull Terrier
~ Tosa Inu

Estas raças estão proibidas de serem criadas, importadas ou reproduzidas. Além disso, esta lista não é definitiva e pode ser alterada.
A posse de um canídeo definido como “potencialmente perigoso” obriga o detentor a ter mais de 18 anos, ter registo e licença do animal que o devem acompanhar nas suas deslocações à rua, um termo de responsabilidade civil onde o detentor declara ter um historial de agressividade do animal, o tipo de condições de alojamento, medidas de segurança e o registo criminal do próprio dono.

Para obter a licença é necessário que o cão esteja vacinado contra a raiva e identificado com “microchip” colocado por um médico veterinário.

Ao abrigo do despacho em preparação, os donos dos cães considerados perigosos são obrigados a esterilizá-los. Caso não os esterilizem no prazo de dois meses, os proprietários arriscam-se a pagar coimas entre os 500 e os 45 mil euros.

Esta medida pode trazer consequências negativas, tais como:
- Aumento do número de cães abandonados e, consequentemente, a eutanásia em canis municipais
- Aumento da discriminação social de cães e seus proprietários
- Aumento do comércio ilegal de raças proibidas

Então, o Governo terá escolhido a medida certa?

Comentários

Anocas disse…
não há caes maus só DONOS MAUS!
APRENDAM!
Fixe.com disse…
A sua opinião está certa!
No entanto, estas raças são indicadas como as "mais perigosas", porque são as preferidas dos "donos maus". Daí serem discriminadas.

Mensagens populares